Os mimos do turismo de luxo

20/05/2019 12:26

Aquela viagem para Paris é um sonho, não é mesmo? Pode até ser, porém, para os consumidores do mercado de luxo, o simples fato de estar na “Cidade Luz” já não é o suficiente. Acostumados com destinos luxuosos, os turistas que alimentam esse tipo de mercado buscam experiências personalizadas.

Os agentes de viagens especializados com esse perfil de público oferecem desde traslado via helicóptero privativo até visitas particulares ao Vaticano após o horário de funcionamento. Tudo para que o cliente tenha uma experiência única e inesquecível. 

Peculiaridades dos turistas de luxo

De acordo com a agente de turismo Priscila Ribeiro, os clientes gostam do conceito de ter as suas viagens customizadas. “Todos gostam do fato de serem acompanhados por um guia particular que é um fotógrafo profissional. Além disso, para as viagens em família os kits com brinquedos e snacks, camisetas para toda a família e chef de cozinha particular são um sucesso. Para os amantes de viagens ecoturísticas, uma produção com ponto de descanso com massagista, lanches e apoio logístico faz toda a diferença. Já para os casais em lua de mel, lugares mais isolados, iates, e restaurantes vazios para uso exclusivo do casal são mimos muito bem aceitos”, disse.  

 Turismo de conhecimento

“A Latitudes oferece, desde que surgiu, um conceito diferente de viagem. Ao tematizar os nossos roteiros e colocar um especialista para acompanhar os grupos, desenvolvendo sua temática em aulas ao longo da viagem, nós procuramos oferecer uma visão mais profunda sobre os destinos visitados, uma oportunidade de aprendizado que se propõe ir além da simples visita a um lugar”, disse Juliana Zola – Gestora de Marketing e Comunicação.

A agência conta com um time de especialistas renomados e alguns bem conhecidos do público em geral, como Leandro Karnal (professor e historiador) e Luiz Felipe Pondé (filósofo e escritor). “Entendemos e expressamos o luxo em nossas viagens de uma maneira bastante peculiar, que vai além da hotelaria impecável, algo que as pessoas têm fácil acesso, não dependendo necessariamente da intermediação de uma agência. Para a Latitudes, o luxo se apresenta através das vivencias e do conhecimento adquirido ao longo das viagens e para isso a presença dos especialistas é fundamental. Os belos hotéis também compõe o cenário de nossos roteiros, mas em alguns destinos, como a Etiópia por exemplo, o que prevalece é a experiência, já que o país não oferece uma rede hoteleira significativa. O luxo aqui, são as visitas às tribos ao Norte e Sul do país; os rituais em Lalibela e a intervenção do jornalista e analista internacional,  Lourival Sant’Anna, responsável por apresentar e costurar temas relacionado à política, economia, cultura, dentre outros, aos integrantes da viagem”, explicou Talita Giglio, gestora do departamento comercial.